Homicídio em um condomínio de Itumbiara

A Polícia Militar registrou na madrugada do dia 13 de outubro de 2018, um homicídio em um condomínio de Itumbiara.

De acordo com informações da Polícia Militar, a PM foi acionada para atender uma ocorrência, chegando ao local, o Condomínio Horizontal Paraíso, testemunhas relataram que o autor, Wallas Gomes de Lima, havia baleado a vítima Guilherme Alves Pereira, 22 anos.

Segundo a PM, a vítima estava em horário de trabalho no condomínio e por volta das 03h57, quando o autor e a vítima começaram a discutir por causa de um papel jogado no chão pelo vigilante Wallas, autor do crime.

Nesse momento, a vítima, Guilherme, teria solicitado ao vigilante Wallas que jogou a bola de papel próximo ao lixo da guarita do porteiro, que catasse o papel.

Momento em que ambos começaram a discutir e evoluir para palavras de baixo calão por parte do autor, Wallas.

De acordo como informações do Delegado Regional da Polícia Civil, Dr. Ricardo Torres Chueire, após a discussão, o vigilante Wallas Gomes de Lima, de 27 anos, teria se aproximando da vítima, colocado Guilherme de costas e atirado na nuca do rapaz. 
Wallas fugiu do local e não foi encontrado pelos policiais até o momento.

O crime aconteceu as 03h57 deste sábado, na Avenida Furnas em Itumbiara.

Após o crime, o suspeito guardou a arma no cofre da empresa e deixou o local.

O Delegado informou que vítima e suspeito já tinham se desentendido em outra ocasião.

“Houve uma discussão há um tempo a respeito da divisão de um combustível e, desde então, a relação deles estava abalada”, declarou o delegado.

O corpo de Guilherme foi levado para o Instituto Médico Legal de Itumbiara e em seguida liberado para a família.

Fonte: TV Caramuru

Comentários